Alunos de Bonito conhecem instituições do Memorial da Cultura durante a Semana de Museus

Campo Grande (MS) – A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul iniciou hoje a programação da 17ª Semana Nacional de Museus com visita ao Memorial da Cultura e da Cidadania dos alunos do 9º ano da Escola Estadual Bonifácio Camargo Gomes, de Bonito – MS.

Os estudantes participaram do Cardápio Cultural, com visitação aos espaços do prédio da FCMS (Hall de entrada, Centro Referencial de Artesanato, Sala Jorapimo, Galeria dos ex-governadores, Sala Apolônio de Carvalho, Arquivo Público Estadual, MuArq, Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaias Paim e Museu da Imagem e do Som), e também assistiram ao curta-metragem em homenagem à atriz Glauce Rocha.

Acompanharam os alunos a professora de Língua Portuguesa, Denise Mota, e o professor de história. Elton Teixeira da Silva. Os dois participam do Projeto Interdisciplinar de Leitura da escola, que desenvolve atividades direcionadas ao prazer de ler. “O objetivo é fazer com que os alunos se sintam incentivados a buscar livros e desenvolver a leitura com prazer. Temos uma biblioteca na escola e semanalmente temos uma aula direcionada para esta atividade”.

A professora Denise afirma que esta visita ao Memorial da Cultura faz com que os alunos conheçam uma outra realidade. “Eles ficam conhecendo outros espaços que eles podem buscar. Somos do interior, e muitos vêm para Campo Grande cursar uma universidade. Então, é uma oportunidade de conhecer um pouco a cidade. Tem quatro alunos que vieram pela primeira vez à capital”.

O professor Elton acrescenta que o projeto político-pedagógico da escola prevê oportunizar aos alunos conhecer diferentes espaços, e para isso, buscou parceria com a Fundação de Cultura de MS. “Buscamos os espaços públicos para eles compreenderem que têm livre acesso, para incentivá-los a buscar estes espaços interessantes. Nós desenvolvemos uma educação voltada para a paz, com ações voltadas para formar um mundo melhor, mais consciente e justo”.

A estudante Raquel Loureiro, de 14 anos, estava bastante interessada e acompanhava com atenção as explicações dos gestores da FCMS. “Gostei muito da Biblioteca porque gosto de ler, acho muito importante. Quanto mais você lê, mais conhecimento você tem. Achei o artesanato muito bonito e adorei saber mais sobre a história do cinema, me acrescentou muito. Quero ser arquiteta, e o que aprendi aqui pode incrementar meus conhecimentos, pois isso aqui é história. Em muitos projetos meus eu posso levar isso, é um aprendizado que vou levar para a vida toda”.

Pedro Paulo Assis, 14 anos, e seu colega Rodinei Domingos Medeiros, de 15, gostaram de aprender sobre cinema e participaram com alegria das atividades. “Gostei muito também da Biblioteca e do Arquivo Público, das coisas que estão lá há muito tempo. Você fazendo as coisas, aprendendo, consegue ir mais longe na vida”, diz Rodinei, que pretende cursar Agronomia. “Gostei das esculturas representando os indígenas e do espaço do artesanato, no andar térreo”, diz Pedro Paulo, que quer ser policial.

Para o coordenador do Sistema Estadual de Museus, Douglas Alves da Silva, que acompanhou toda a visita, o Memorial da Cultura é um espaço cultural muito plural e todas as instituições nele contidas têm algo a somar no processo educativo. “A visita ao prédio só tem a agregar ao que o professor faz em sala de aula, conseguimos dar um suporte maior para o aprendizado”.

Da esq. p/ dir.: Douglas Silva, Denise Mota e Elton da Silva

Um dos objetivos da Semana dos Museus é dar visibilidade a esses espaços para incentivar a visitação. “Os museus são disponibilizados para a população e muitas vezes ela não sabe. As pessoas podem aprender muito mais sobre sua própria cultura e sua história visitando estes espaços”, diz Douglas.

A abertura oficial da 17ª Semana Nacional dos Museus acontece nesta terça-feira, dia 14, às 19 horas, na Plataforma Cultural, com lançamento do vídeo documentário “Imagens para a história”; lançamento da cartilha “Conceitos do Patrimônio Cultural de Campo Grande/MS” e instalação artística “A arte transforma”, organizada pelo Prof. Me. Roberto Figueiredo (UCDB). A programação completa você confere aqui.

Mais informações com Douglas Alves da Silva, no Arquivo Público Estadual, que fica no andar térreo do Memorial da Cultura e da Cidadania: (67) 3316-9167.

Fotos: Karina Lima – FCMS e Elton Silva