Curso Gratuito de Documentário seleciona participantes para início dia 25 de abril

Campo Grande (MS) – Foram selecionados os 40 participantes do Curso Gratuito de Documentário, projeto realizado pela Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul por meio do Museu da Imagem e do Som em parceria com a TV Educativa. As aulas começam no dia 25 de abril, às 19 horas, no MIS.

Foram recebidas 119 inscrições. São seis meses de curso, em uma carga horária total de 160 horas, sendo inclusas as captações externas e as aulas teóricas e visionagem. No início contará com duas semanas de aulas teóricas à noite. Na parte de produção, os encontros terão flexibilidade de horário, a ser combinado com os grupos.

Além da formação, o Curso Gratuito de Documentário deve gerar a produção de cinco obras audiovisuais com duração mínima de 10 minutos e máxima de 15, ou seja, formato de curta-metragem. Estes trabalhos serão exibidos na TV Educativa, enviados a festivais que tratam especificamente de materiais de arquivos (www.arquivoemcartaz.com.br) e ficarão à disposição para pesquisa e nas atividades educativas do MIS.

A seleção, realizada pelos orientadores dos trabalhos e das aulas – Carlos Diehl, publicitário, produtor executivo, roteirista, diretor e editor da TVE; Marinete Pinheiro, jornalista, cineasta e coordenadora do MIS e Adão Mathias, diretor de TV e editor – foi realizada de modo a abranger de forma heterogênea os participantes, com ampla faixa etária e de formação, contemplando jovens e pessoas mais velhas, pessoas sem e com experiência, buscando amplos perfis que possam proporcionar ricas trocas de experiências e possibilidades criativas.

A aula inaugural contará com a participação do diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Athayde Nery e do presidente da Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e Televisão Educativa, Bosco Martins, que explanarão sobre a importância dos 40 anos de Mato Grosso do Sul. Na ocasião os participantes também receberão as informações sobre o curso, que será dinâmico com atividades tanto no MIS como na TVE, além dos processos de produção prática dos documentário que serão exibidos em outubro.

Para Carlos Diehl, um dos coordenadores do curso, o número de inscritos superou a expectativa e os critérios avaliativos foram baseados no interesse de participação. “Será um intenso processo de aprendizagem entre nós e os alunos e isso terá como resultados obras significativas sobre nossa história e memória”.

Marinete Pinheiro, coordenadora do MIS, acredita no processo dinamizado de aprendizagem para resultados inéditos e fundamentais para compreendemos melhor nossa história. “Tivemos perfis bem dinâmicos interessados no curso e acreditamos no potencial de interesse e conhecimento para aplicar as teorias e técnicas do cinema documentário no curso”.

Confira a lista de profissionais selecionados para o curso:

Adriana Oliveira dos Santos de Queiroz
Ailton Ribeiro Nascimento
Amanda  Ramires Guedes
Ana Karoliny Teixeira da Costa
Ana Rita Moraes Dornelles
André Placencia
Beatriz Gome Cruz
Bernardo Yukishige Tibana
Cainã Siqueira
Daiane Stefane Lima Antunes
Danilo Campello Curado  Galvão
Deborah Rossi  otto
Driely Sol Zanatto
Fabiana  Christine Ferreira  Rocha
Fernanda Nascimento Prochmann
Fredd  Diniz
Guilherme Ary Rocha Cavalcante Maia
Gustavo Nunes Vicente
Henrique Seiko Arakaki
Igor Moura Danieleviz e Silva
João Eduardo Borges  Benevuto
João Fernando Ferreira
Juliana Tonin
Leonardo Takayassu Sone
Luiz Felipe Sudorio dos Santos
Marcia Furtado
Marcos Aurélio Gonçalves
Mariana Alice de Souza Miranda
Nadja Mitidiero
Natacha Figueiredo Miranda
Nilcieni Maciel
Rachid Waqued Neto
Rayanne Michelle da Silva  Mendes
Reinaldo Lopes da Silva
Rose Aparecida Borges Ferreira
Rosimeyre Alves  Rodrigues
Sarah Caires Cavalheiro da Silva
Sidney Moraes de Albuquerque
Thales Albano de Sousa Pimenta
Vivian Campos de Oliveira