Divulgado resultado de edital para participação na Feira Internacional do Artesanato de Olinda

Campo Grande (MS) – Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (1º de junho) o resultado do Edital para participação de artesãos do Estado na Feira Internacional de Negócios do Artesanato de Olinda (Fenearte). Trata-se da maior da América Latina no setor, que acontece entre os dias 6 e 16 de julho, no Centro de Convenções, em Olinda, Pernambuco.

Os selecionados são: Artesão Individual ou MEI: Cleber Ferreira de Brito (1º lugar); Indiana Antunes Marques de Araújo (2º lugar); Ana Vitorino da Silva Leodério (3º lugar) e Cláudia Cristina Benites Veiga Castelão (4º lugar); Entidades Representativas do Artesanato: Associação dos Produtores de Artesanato e Artistas Populares do MS (Proart/MS, 1º lugar); União Estadual dos Artesãos de Mato Grosso do Sul (Uneart/MS, 2º lugar); Associação de Microempreendedor Individual (AME, 3º lugar) e Sindicato dos Artesãos de Mato Grosso do Sul (Sinart, 4º lugar).

A inclusão das peças sul-mato-grossenses no evento acontece com o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. A arte produzida no Estado ocupará um espaço coletivo de 35m². De acordo com o edital os selecionados deverão arcar com as próprias despesas de passagens, translados, hospedagem e alimentação durante todo o evento. Ficará sob a responsabilidade da Fundação de Cultura o transporte das peças de artesanato de Campo Grande à Olinda e o retorno, desde que devidamente acondicionadas.

As peças de arte sul-mato-grossense participarão durante os 11 dias de uma feira reconhecida internacionalmente, que contará com as mais surpreendentes criações artesanais do Brasil e do mundo. O objetivo é valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da Cadeia Produtiva do artesanato nacional.

A Fenearte atraiu na última edição um público de mais de 330 mil pessoas, ocupando uma área de 30 mil m², com mais de 800 espaços e recebeu 5 mil expositores vindos de todos os Estados brasileiros e de 51 países.

Texto: Karina Lima, com Márcio Breda – FCMS

Foto: Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da FCMS