Documentário gratuito no MIS aborda desafios para conservação do Cerrado

Campo Grande (MS) – A importância e as ameaças sofridas pelo bioma predominante em nosso Estado e no Brasil Central são tema do documentário “Ser Tão Velho Cerrado”, que será exibido nesta quinta (6 de dezembro), às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. A entrada é franca.

O documentário dirigido por André D´elia é uma grande campanha em defesa do Cerrado, que sofre com desmatamentos que podem levar um ecossistema inteiro à extinção. O filme expõe a luta para se vencer a ultrapassada mentalidade de conservação do meio ambiente como barreira ao desenvolvimento.

O longa mostra como moradores da Chapada dos Veadeiros, preocupados com o futuro do ecossistema, se juntam para a elaboração de um plano de manejo que os desafia a conciliar interesses aparentemente incompatíveis, abrindo um diálogo necessário entre a comunidade científica, agricultores familiares, grandes proprietários de terra e defensores do meio ambiente.

“Ser Tão Velho Cerrado” também conta com a participação dos atores Juliano Cazarré e Reynaldo Gianecchini, do mestre espiritual Prem Baba, além de ambientalistas, pesquisadores e gestores públicos. Em 2018 o documentário levou o Prêmio do Público de “Melhor Filme” na 7ª Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental.

Diálogo – Logo após o documentário acontece no MIS o CineDebate, que contará com a presença da pesquisadora Fernanda Savicki e da bióloga Simone Mamede. Serão debatidas as ameaças que persistem no bioma e alternativas de manejo sustentável.

Fernanda Savicki é pesquisadora em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz, atua no eixo de Meio Ambiente e Saúde: Biodiversidade e Agronegócio, nas linhas de pesquisa de agroecologia e saúde, impacto dos agrotóxicos na saúde coletiva e uso da biodiversidade medicinal no SUS.

Já Simone Mamede é bióloga, fundadora do Instituto Mamede, atuante nas áreas de Educação Ambiental e Ecoturismo no Mato Grosso do Sul.

Serviço: A exibição de “Ser Tão Velho Cerrado” acontece nesta quinta (6 de dezembro), às 19 horas, no Museu da Imagem e do Som, que fica no Memorial da Cultura – Avenida Fernando Correa da Costa, 559, 3º andar, Centro. A entrada é franca.

Assista o trailerhttps://www.youtube.com/watch?v=RQR5gfgzytk