“Poracê” leva ao público celebração da vida, da natureza e da coletividade nativa

Campo Grande (MS) – Tira-se a venda dos olhos para perceber o outro. Que contém no seu nome, sua gênese imaginária e traços da ancestralidade que habita cada história genuína. Em solos que investigam a simbologia do belo e do feio de cada realidade e em conjuntos que impregnam-se da sonoridade do nosso lugar, o espetáculo “Poracê”, da companhia Dançurbana, celebra a vida, a natureza e a coletividade nativa, em sua sincronicidade com a dança. A cada apresentação o instrumentista Antônio Porto, cria uma paisagem sonora por meio do improviso musical de uma forma muito peculiar.

Na tarde de hoje (17), alunos da Escola Estadual Maestro Frederico Liebermann tiveram a oportunidade de acompanhar o espetáculo no Teatro Prosa, do SESC Horto Florestal e receberam este acesso à cultura local com empolgação, diante de cenas que não estão muito acostumados a ver. Mas de alguma forma, aquela estranha movimentação encenada, em conjunto com os cantos e timbres diversos, remete o observador a um sentimento  familiar e instintiva de nossa humanidade. “Nossa intenção é abrir camadas de sentidos na contemplação do público perante a obra. Cada expectador vai entendê-la segundo suas experiências”, destacou o diretor Marcos Mattos.

Para a diretora adjunta da Escola Estadual Maestro Frederico Liebermann, o estranhamento das cenas não passou despercebido. “O estranho causa um impacto na gente e este espetáculo provocou isso em mim e nos alunos. Este contato é importante, tenho certeza que eles nunca mais esquecerão o que observaram aqui e que de alguma forma pode mudar o rumo de suas vidas”.

Segundo Marcos Mattos, é a política da Companhia Dançurbana fechar parcerias com as escolas para a formação de novos públicos para a dança. Esta iniciativa agrada a diretores de escola da Capital. “Assim como eu não tive o acesso à cultura, estes alunos que estão aqui hoje pela primeira vez, talvez não tenham mais oportunidade de irem ao teatro devido ao desconhecimento de seus pais dos assuntos culturais. É por isso que esta parceria com as escolas é fundamental”, finalizou a diretora adjunta da Escola Estadual Maestro Frederico Liebermann, Gislaine Martins.

Ficha técnica do Espetáculo Poracê:

Direção: Marcos Mattos

Coreografia: Marcos Mattos, Renata Leoni e Franciella Cavalheri

Intérpretes-criadores: Adailson Dagher, Ariane Nogueira, Lívia Lopes, Maura Menezes, Thiago Mendes e Rose Mendonça

Assistentes de produção: Reginaldo Borges e Kelly Queiroz

Fotografia e audiovisual: Cravo Filmes

Design Gráfico: Felipe Leoni

Figurino: Herbert Corrêa e Marcos Mattos

Trilha sonora: Antônio Porto

Técnico de som: Adriel Santos

Iluminação cênica: Cadu Modesto

Texto do programa: Camila Emboava

Mediadora de ações de formação: Kelly Queiroz

Assessoria de Imprensa: Reconta

Contato para a imprensa:

Jornalista Isabela Ferreira (67) 9 9203-3173