Estado e prefeitura acertam detalhes do carnaval da Capital com representantes de blocos e Liga

Campo Grande (MS) – Reunião realizada no Memorial da Cultura e da Cidadania na tarde desta quinta-feira (8 de fevereiro) entre o secretário de Cultura e Cidadania, Athayde Nery, o gerente de Fomento e Desenvolvimento Cultural da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Evânio Vargas Padilha e representantes de blocos e das escolas de samba de Campo Grande definiu os últimos detalhes das festas de rua na Capital.

Foram discutidos no encontro detalhes sobre a logística dos desfiles e dos trajetos dos blocos e apresentados os laudos requisitados pelo Corpo de Bombeiros, os projetos de segurança, de disposição de banheiros químicos e de sonorização.

O carnaval de rua Capital contará com apoio financeiro e técnico do Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura e da Prefeitura de Campo Grande, através da Sectur. Porém, o cumprimento e andamento das atrações é de responsabilidade dos organizadores de blocos e produtores de escolas de samba, que devem atender normas de segurança estabelecidas por lei.

“Nosso objetivo é auxiliar e estabelecer um diálogo próximo com esses produtores, que realizam um movimento de extrema importância para a nossa cultura. Aproximam a população de uma festa tradicional e cada vez mais plural. E também é importante frisar: a cada um real investido no carnaval o comércio e o turismo faturam outros R$ 7”, explicou o secretário de Cultura e Cidadania, Athayde Nery.

Programe-se

O Carnaval de Rua deste ano na Capital promete muita animação e grande diversidade de atrações. E o melhor: Tudo com entrada franca. Os blocos de Carnaval levam alegria a cinco espaços da cidade: a Praça Aquidauana, o bairro Amambai (partindo da Rua Joaquim Nabuco), a Orla e a Esplanada Ferroviária e a Praça do Rádio. Já os desfiles acontecem tradicionalmente na Praça do Papa em duas noites.

Confira a programação completa aqui

Apoio – Cordões, blocos e escolas de samba de Campo Grande receberam do Governo do Estado – por meio de sua Fundação de Cultura – R$ 323.400,00 para realização de eventos de rua do Carnaval 2018.

Foram destinados R$ 48.400,00 para a Associação de Blocos, Bandas, Corsos e Cordões Carnavalescos e R$ 275 mil para a Liga de Entidades Carnavalescas. As organizações foram contempladas por meio de edital lançado em dezembro de 2017 que também prevê repasses para festividades em Corumbá, Ladário e Aquidauana.

Ao todo o Governo do Estado repassou R$ 716.650,00 para seis entidades. Os recursos viabilizam projetos com execução garantida e abertos ao público, e ajudam a custear sonorização, segurança e a logística dos eventos.