Teatro de rua e oficina de jogos teatrais gratuitos acontecem em Campo Grande

Campo Grande (MS) – De 25 a 27 de abril acontecem em Campo Grande apresentações de espetáculo de rua e oficinas teatrais. A circulação dessa ação cultural já percorreu 11 estados brasileiros com o apoio do Ministério da Cultura e patrocinado pela FGM Farmoquímica. Na Capital, conta com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania e da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A comédia farsesca “Histórias Invisíveis” acontece nos dias 26 e 27 de abril na Praça do Rádio Clube às 18h. A peça escrita pelo premiado dramaturgo Paulo Rogério Lopes, inspira-se na Commedia Dell´Arte, que já na idade média utilizava o humor e a ironia para abordar questões sociais.

Para o ausente e hipocondríaco prefeito Argânio, os problemas da cidade de Algures são invisíveis. A situação piora quando ele é ludibriado por um charlatão aproveitador. Entre enganos e confusões, vem à tona o principal problema da fictícia cidade de Algures: a falta de saneamento básico e suas consequências à saúde da população.

O espetáculo será apresentado em uma carreta adaptada e percorre diversas cidades de Norte a Sul do Brasil. O Teatro e oficina conta com a participação da atriz Gina Tocchetto, atualmente residente aqui em Mato Grosso do Sul.

Oficina de jogos teatrais

Acontece no dia 25 de abril, das 14h às 18h, na sala Conceição Ferreira, do Centro Cultural José Octávio Guizzo. O ponto de partida para esta oficina pretende por meio de jogos de improviso e exposição abordar o processo de construção de cenas e dos personagens e proporcionar o entendimento de maneira prática do processo de construção e um espetáculo popular. O público-alvo são alunos de teatro e a oficina será ministrada pelo elenco da peça e terá a duração de 4 horas. A participação dos alunos no espetáculo está prevista como parte continuada da oficina e será resultado das propostas apresentadas pelos alunos em sala de aula. Instrumentos musicais serão bem-vindos. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail oficinashistoriasinvisiveis@gmail.com, e os interessados terão a vaga pela ordem em que se inscreverem. A oficina terá 30 vagas disponíveis e será de graça.

Artistas Orientadores:

Renata Imbriani:

Atriz com mais de 20 anos de carreira, atuou em novelas da rede Globo como na Aquele Beijo, Guerra dos sexos, Malhação, Alto astral, Babilônia e programas como turma do Didi, Tomá-la da cá, Pé na cova, Sexo e as negas. Recentemente na série “Os Detetives da História” do History Channel como apresentadora. No teatro atuou com diretores renomados no teatro e

também no cinema como Antunes Filho, Vladmir Capella, Cininha de Paula, Daniel Filho.

Bruno Caetano:

Graduado em Artes Cênicas com habilitação em Interpretação Teatral pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), trabalha como ator, cantor, performer e arte educador. Desenvolve trabalho de voz com ênfase no canto popular, com formação pela Universidade Livre de Música (ULM-SP). Atua em teatro e cinema desde 2006. Foi ator-criador no espetáculo Stereo Franz que estreou no festival Büchner International em Giessen, Alemanha, em julho de 2013. O espetáculo dá origem ao projeto musical Sturm und Drung, onde atua como cantor e performer, apresentando-se em cidades na Alemanha e no Brasil entre os anos de 2013 e 2015.

Deborah Lobo:

Atriz, produtora e gestora cultural, atua na cena teatral paulistana desde 1997. É formada em Gestão Pública pela Fundação Getúlio Vargas. No teatro integrou a Companhia do Latão, a Cia Livre de Teatro, a Cia de Arte Degenerada, o Centro de Pesquisa Teatral de Antunes Filho e atuou em diversos espetáculos da cena teatral paulistana. Em cinema atuou nos longas O Fim da Linha de 2008 dirigido por Gustavo Steiberg e Mater Dei dirigido por Vinicius Mainardi. As inscrições deverão acontecer no Teatro Guarany – EAC (Escola de Artes Cênicas) da Secretaria de Cultura.

Gina Tocchetto (atriz convidada):

É diretora, atriz e professora do Curso de Artes Cênicas da Universidade Federal da Grande Dourados (MS). Trabalhou como atriz e diretora em Porto Alegre/RS, São Paulo/SP e Lisboa/Portugal. Recentemente apresentou em Campo Grande, o espetáculo “Os Olhos que Tivemos”, (vencedor do Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz), na Mostra Sul-Mato Grossense de Teatro/2015 e fez a preparação corporal do elenco de “Três Vírgula Quatro Graus na Escala Richter” com direção de Nill Amaral, em 2016 https://www.facebook.com/teatrohistoriasinvisiveis/

Serviço: O teatro de rua “Histórias Invisíveis” acontece nos dias 26 e 27/04 às 18h na Praça do Rádio Clube, na Av. Afonso Pena. Já a oficina acontece no dia 25 de abril das 14h às 18h na sala Conceição Ferreira do Centro Cultural José Octávio Guizzo. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail oficinashistoriasinvisiveis@gmail.com e serão contemplados pela ordem que se inscreverem.

André Messias