FCMS

Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul 

A política pública cultural do Estado de Mato Grosso do Sul está representada oficialmente pela Fundação de Cultura, que tem por finalidade implementar as diretrizes estabelecidas pelo Governo do Estado na área cultural.

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul foi criada a partir da Lei nº. 422, de 6 de Dezembro de 1983 – publicada no Diário Oficial nº. 1.125, de 7 de Dezembro de 1983 – concedendo personalidade jurídica de direito público, autonomia administrativa e financeira com patrimônio próprio e sede e foro em Campo Grande, capital do Estado.

A FCMS tem por finalidade planejar, promover, incentivar e executar as atividades voltadas tanto à difusão artística como ao patrimônio, objetivando o desenvolvimento cultural do Estado. Seu principal objetivo é aproximar a população das diversas manifestações artístico-culturais sul-mato-grossenses e fomentar o mercado cultural do Estado.

No uso de suas atribuições, a FCMS estimula e promove atividades relacionadas ao artesatano, teatro, música, dança, artes visuais, artes cênicas, patrimônio, manifestações e expressões artísticas de Mato Grosso do Sul. Por meio de ações de alcance regional, estadual, nacional e internacional, juntamente com uma política de editais que democratiza o desempenho da instituição em todas as suas áreas de atuação, a Fundação de Cultura busca a integração e expansão da produção artística e cultural do Estado. Além disso, ela também tem o papel de estimular e apoiar entidades, agentes e grupos culturais no desenvolvimento de projetos, prestando serviços de capacitação e assessoria.