Com mostra e exibições gratuitas, CineMIS celebra a arte da fotografia

Campo Grande (MS) – Celebrando uma das mais versáteis formas de arte, o Museu da Imagem e do Som da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, em parceria com o Senac/MS, abre nesta terça (15 de agosto) a Semana da Fotografia, com uma mostra que revela múltiplos olhares sobre Campo Grande e exibições de filmes que revelam diferentes aspectos da profissão. Tudo com entrada franca.

Os encantos de Campo Grande inspiraram os olhares dos fotógrafos Antônio Arguello, Camila Villa, Débora Bah, Dick Arruda, Elis Regina, Everson Tavares, Farid Fahed e Sarah Outeiro, que juntos apresentam uma mostra fotográfica em homenagem ao aniversário da Capital Morena.

Temas como natureza, astrofotografia, minimalismo e retratos estão presentes na exposição, que é aberta ao público e que será inaugurada no MIS nesta terça (15), às 19 horas.

Já a edição especial do CineMIS leva ao público quatro filmes sobre fotografia que geram reflexões sobre a profissão e estimulam a produção criativa. Acompanhado de cada exibição, um profissional da área iniciará um debate com o público sobre o tema de cada obra. As exibições acontecem sempre às 19 horas.

Confira a programação

Divulgação / Cena de “The Bang Bang Club”

Terça – The Bang Bang Club (Repórteres de Guerra) – Um grupo de repórteres tem a difícil tarefa de cobrir as primeiras eleições na África do Sul após o Apartheid. Além de riscos físicos, esses jovens passam a acompanhar os problemas sérios africanos, como fome, miséria e descaso. Direção: Steven Silver.

Quarta – A Fotografia Oculta de Vivian Maier – John Maloof adquiriu em um leilão uma caixa com negativos de fotografias. Ao revelá-los descobriu a grande obra de Vivian Maier, uma garota solitária e reservada que recebeu o reconhecimento póstumo graças a ele. Direção: John Maloof e Charlie Siskel.

Quinta – Annie Leibovitz, a vida através das lentes – Um dos mais famosos nomes no ramo da fotografia, Annie possui um trabalho variado: retrata o glamour e a riqueza em revistas de moda ao mesmo tempo em que capta os horrores praticados nos combates militares. O documentário traz para o cinema um acompanhamento do processo de sua criação artística. Direção: Barbara Leibovitz.

Sexta – Fotografando Fadas – Fotógrafo viaja ao interior quando uma mulher lhe mostra a fotografia de duas fadas tirada por sua filha. A partir de então, uma trágica consequência de fatos se sucede. Direção: Nick Willing.

Serviço: As exibições do CineMIS acontecem sempre às 19 horas, com entrada franca. O Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Correa da Costa, 559, no Centro.