Mistura de gêneros e criatividade autoral marcam sábado do Som da Concha

Categoria: Música, Som da Concha | Publicado: sábado, outubro 24, 2020 as 20:58 | Voltar

Campo Grande (MS) – Com uma inusitada e interessante mistura de ritmos, o segundo fim de semana de apresentações do Som da Concha 2020 começou neste sábado (24 de outubro) unindo o rock do Small Fish e a violada de Marcus Assunção na Concha Acústica Helena Meirelles.

A edição 2020 do projeto da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul é integralmente transmitida pelo canal da instituição no Youtube, sempre a partir das 18 horas.  

Em um repertório repleto de músicas autorais, a Small Fish levantou o volume e lançou no palco influências de hardcore melódico somadas a pegada seca do punk rock. Músicas com velocidade e energia, com letras que falam do cotidiano, desafios da vida e filosofia pessoal.
 
Já Marcos Assunção levou novamente ao palco da Concha Acústica Helena Meirelles um trio de músicos que se desdobrou entre a viola caipira, violão de 7 cordas, bandolim, guitarra semiacústica, contrabaixo, e bateria, em uma pegada jazzística que acaba navegando por diversos outros gêneros, entre eles a música fronteiriça. 
Serviço: As apresentações fazem parte da sequência de “lives” que a Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul irá transmitir ao público nos próximos finais de semana, até o dia 22 de novembro, com um panorama da música produzida em nosso Estado.
Todos os espetáculos serão apresentados ao vivo nas redes sociais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul. Os shows já gravados também estão disponíveis. Acesse: https://www.youtube.com/user/Clippingfcms .
 
Texto e foto: Márcio Breda

Publicado por: amessias@fcms

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.