Nota Oficial da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, maio 19, 2020 as 13:15 | Voltar

Campo Grande (MS) - A atual diretoria da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS) opõe-se a todo e qualquer tipo de conteúdo artístico-cultural que promova a violência, a disseminação do ódio ou de intolerância entre as pessoas. É compromisso e responsabilidade desta diretoria, a promoção, o incentivo e a execução de atividades que aproximem a população das diversas manifestações da arte e da cultura sul-mato-grossenses, fomentando o mercado cultural do Estado e democratizando o acesso a todas as expressões artísticas.

Neste propósito também contamos com o Conselho Estadual de Políticas Culturais de Mato Grosso do Sul (CEPC/MS), colegiado formado por representantes culturais da sociedade civil e do poder público, a quem compete a análise do mérito cultural dos projetos apresentados pela comunidade, para percepção de recursos públicos advindos do Fundo de Investimentos Culturais (FIC).
Assim, embora o curta-metragem "Matem... Os Outros", produzido e lançado em 2014, pelo cineasta Reynaldo Paes de Barros, tenha sido contemplado com recursos do FIC durante gestão da época (2013-2014), e submetido ao crivo do então CEPC/MS (2013/2014), a atual diretoria da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul refuta veementemente quaisquer ações culturais que promovam discursos de ódio ou de violência.
Diante disso, o processo nº 2016.03.00.005274-1, julgado pela turma do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), será analisado pelo jurídico desta instituição à fim de adotarmos as eventuais providências cabíveis.

Mara Caseiro
Diretora-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul

Publicado por: tavane ferraresi bacelar

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.