Projeto Oficinas do Mundo divulga profissionais selecionados para oficina com o bailarino José Meireles

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, abril 19, 2022 as 14:04 | Voltar

Campo Grande (MS) – O projeto Oficinas do Mundo traz a Campo Grande o bailarino José Meireles, do Centre Coréographique National de Tours (França), para ministrar a oficina no próximo dia 24 de abril (domingo). O projeto divulgou hoje (19) os coreógrafos, dançarinos e intérpretes selecionados para participar da residência criativa. Foram oferecidas 20 vagas. A capacitação acontece das 10h às 17h na Casa de Ensaio, que fica na Rua Visconde de Taunay, 203, Bairro Amambai. A confirmação da presença deve ser feita até 21/04 (quinta-feira) no email: nucleodedancafcms@gmail.com.

A oficina é direcionada para coreógrafos (as) que desenvolvam trabalhos para a infância, dançarinos e intérpretes com atuação em espetáculos para a infância e profissionais da dança com interesse na criação de espetáculos de dança para a infância.

OFICINAS DO MUNDO é um projeto de residência de criações coreográficas com foco na infância. José Meireles, bailarino coreógrafo assistente para vários projetos educacionais em Angers, vai ministrar a oficina em Campo Grande.

A realização é uma parceria entre o CCNT (França), a Embaixada da França no Brasil, o Instituto Francês,  o Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC), VIVADANÇA e Movimento Internacional de dança - MID. 

O projeto é um conjunto de ações de qualificação e capacitação profissional em várias etapas. A primeira etapa do projeto prevê oficinas presenciais em cinco cidades do Brasil: Brasília (DF); Campo Grande (MS);  Fortaleza (CE);  Porto Alegre (RS) e   Salvador (BA), de 19 a 28 de abril de 2022.

Na segunda etapa, serão escolhidos até 2 (dois/duas) participantes por cidade, que participarão de uma imersão, durante 12 dias, no Distrito Federal.

Na terceira etapa, os participantes poderão ser convidados pelos diretores e curadores do MID (BSB) e/ou VIVADANÇA (BA) a apresentar o resultado de seus trabalhos como parte da programação dos festivais, em abril e maio de 2023. Os trabalhos também poderão ser convidados a compor a programação do Centro Coreográfico de Tour, na França, em 2024.

Constituem o núcleo criativo deste projeto artistas da dança contemporânea francesa e brasileira que oferecem diferentes propostas de acesso à dança, a partir das vivências estéticas destas duas culturas, acreditando que a observação e o contato com outras culturas venham a dinamizar e alimentar criações artísticas locais. 

Um dos principais objetivos do projeto é oferecer uma ação formativa de dança a partir de estéticas e temáticas voltadas para o público infanto-juvenil, de alto impacto e reconhecimento. Esta ação proporcionará atividades que servirão como fontes complementares de qualificação e renovação de conhecimentos para jovens coreógrafos e dançarinos, estimulando e fortalecendo a cadeia produtiva. Assim como colaborar para a formação de um novo público através de espetáculos para a infância. 

A residência visa o aproveitamento e amadurecimento artístico dos criadores que têm a arte para a infância e juventude como tema. Durante o projeto, eles terão a oportunidade de desenvolver uma atividade de criação artística e intercâmbio cultural, possibilitando trocas valiosas e estimulando a inserção profissional destes artistas no mercado de trabalho local, nacional e internacional. 

Nascido em Guimarães (Portugal) em 1995, José Meireles treinou dança contemporânea na escola Balleteatro do Porto de 2012 a 2015. Ingressou então no curso de formação avançada no Centro Nacional de Dança Contemporânea de Angers, dirigido por Robert Swinston, e em 2017 obteve uma licenciatura em artes do espetáculo (opção de dança), bem como o Diploma Nacional Superior Profissional para Bailarinos.

Paralelamente à sua formação, participou em vários projetos profissionais, nomeadamente com a Companhia Instável e com os coreógrafos Emmanuelle Huynh, Victor Hugo Pontes, Marco da Silva Ferreira, Flavio Rodrigues e Cyril Viallon.

Ao se formar no CNDC, ingressou na Travelling&Co, de Hervé Robbe para as criações "A New Landscape" (2017), "Danse de 4" (2019) e "Danse de 6" (2020). José também o acompanha como coreógrafo assistente para vários projetos educacionais em Angers.

Acompanhe a lista dos profissionais de dança selecionados:

  1. Irineu de Castro Queiroz Junior
  2. Renata Wilwerth Leoni
  3. Marcos Flavio de Matos Bezerra
  4. Jackeline Mourão Nunes
  5. Henrique Lucas Nogueira Rodrigues
  6. Ariane Nogueira Santos
  7. Maura Menezes Azevedo Neta
  8. Lana Luiz Batista Figueiró
  9. Marcus Vinicius Sudario Perez
  10. Livia Lopes
  11. Begèt Albério Alves De Araújo Lucena
  12. Mariana Aparecida de Castro Peixoto
  13. Lorena Hernandez Pinar
  14. Maria Helena Santana Moreira
  15. Társila Bonelli Calegari Paulino

 

 

Publicado por: Gisele Colombo

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.